Plataforma de Fornecedores

Selecione um produto / serviço

Omolde > Notícias > Projeto VV4MC - A New type of ventilated visor for medical care

Projetos, Parcerias & Protocolos

Projeto VV4MC - A New type of ventilated visor for medical care

16 Maio 2023

O projeto VV4MC – A new type of ventilated visor for medical care (CENTRO-01-0145-FEDER-181248) surgiu da necessidade de validação dos resultados obtidos no projeto MASK4MC – Mask for Medical Care. Decorrido entre os anos 2020 e 2021, o MASK4MC teve como objetivo o desenvolvimento de um Equipamento de Proteção Individual (EPI) para cuidados médicos - uma viseira - que permita, para o seu utilizador, reduzir fortemente o risco de inalação, na zona respirável, de gotículas e aerossóis com carga viral potencialmente elevada.


Coordenado pela Universidade de Coimbra (UC), em copromoção com a Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial (ADAI) e a Simultaneous Engineering Technology (SETsa), do Grupo IBEROMOLDES, o projeto VV4MC congrega os conhecimentos, competências e experiência do consórcio, nas áreas da contaminação de pessoas por agentes patogénicos (em particular profissionais de Saúde), do desenvolvimento de soluções e novos produtos envolvendo escoamento de fluidos e no projeto e produção de produtos, para o desenvolvimento deste no novo EPI baseado no conceito de vedação aerodinâmica.


A transmissão humana de agentes patogénicos pode ocorrer através de aerossóis e gotículas responsáveis pelo transporte de agentes biológicos, tais como vírus e bactérias. Entre outros, estas partículas são emitidas por pessoas infetadas por meio de tosse, espirro e pela respiração. Devido ao tipo de transmissão, a utilização de viseiras, máscaras e o distanciamento social são formas fundamentais para evitar a contaminação e consequente infeção.


Por forma a melhorar os índices de proteção contra os referidos agentes biológicos, nomeadamente em serviços da área da Saúde, neste projeto serão desenvolvidas e produzidas as versões-protótipo do mencionado EPI, para teste e validação da capacidade de diminuir significativamente a potencial concentração de gotículas na zona de inalação do utilizador, garantindo, simultaneamente, um conjunto de funcionalidades essenciais relacionadas com a visibilidade/desembaciamento e com o conforto térmico e acústico.


Com base em simulações numéricas do escoamento de ar, reproduzindo os testes experimentais e de usabilidade em ambiente de consultório, foi desenvolvido um primeiro protótipo (MASK4MC) de uma viseira cujo efeito de proteção e de não embaciamento é conseguido através de uma cortina aerodinâmica especificamente projetada e condicionada para estes efeitos. Verificou-se que a capacidade de vedação aerodinâmica da cortina de ar teve um papel essencial na redução significativa do risco de inalação de gotículas e aerossóis com potencial carga viral, tendo os resultados experimentais, através do uso combinado da viseira juntamente com uma máscara facial (cirúrgica e KN95) conduzido a valores de eficiência de proteção na faixa de 57 % a 70 % para partículas com dimensão superior a 0,5 μm.


Nesta fase de desenvolvimento do EPI (VV4MC) serão estudadas e desenvolvidas melhorias no seu desempenho, nomeadamente no que concerne à vedação aerodinâmica e ao conforto durante a utilização, de modo a proporcionar uma proteção segura e eficaz aos profissionais de saúde e a trabalhadores hospitalares. No final está prevista a realização de testes experimentais no utilizador final em ambiente real, nomeadamente em consultório de medicina dentária.


Com este trabalho pretende-se desenvolver processos e produtos de baixa pegada carbónica e com uma utilização eficiente de recursos, ou seja, novos processos de produção mais amigos do ambiente e sustentáveis. Além disso, pretende-se alcançar um EPI específico para cuidados médicos, proporcionando uma solução eficaz para evitar a contaminação através de vírus, nomeadamente através do desenvolvimento de ferramentas experimentais e numéricas com potencial de exploração comercial.


O desenvolvimento de projetos no sector médico é, pelas suas caraterísticas intrínsecas, um fator indicativo de crescimento económico dos países onde se encontra. É neste contexto que o projeto VV4MC se enquadra, perspetivando não só melhorias e evoluções de índole I&D, mas também ao nível do desenvolvimento económico de Portugal, com aumento da oferta de serviços e produtos no setor, numa perspetiva a médio/longo prazo.